Feira - Evento aberto

Feira de Malhas de Tricô – Sul de Minas Coleção Maio 2024

De: 01/05/2024 à 11/05/2024

Pavilhão de Exposições - 2º Piso

COMPRAR INGRESSOS

Feira de Malhas de Tricô Sul de Minas traz tendências mundiais para o inverno e opções de presentes de Dia das Mães

De 01 a 11 de maio, público poderá conferir peças confeccionadas por 90 expositores da região que tem a malharia de tricô como principal atividade econômica.

Horário:
Segunda-feira a sexta-feira, das 13h às 20h
feriado, sábados e domingos, das 12h às 20h

Celebrados na moda pela sua atemporalidade e versatilidade de modelagens, técnicas e padronagens, o tricô e suas tramas estarão presentes em mais uma edição – a 64ª – da Feira de Malhas de Tricô Sul de Minas, que ocorrerá de 01 a 11 de maio, no Minascentro (rua Guajajaras, 1.022, Centro). O evento reunirá cerca de 90 expositores das cidades mineiras de Jacutinga, Monte Sião, Andradas e Ouro Fino e trará das semanas de moda da Europa, Ásia e dos Estados Unidos as principais apostas para o inverno 2024.

“A estação será marcada por peças ousadas e elegantes, modelagens oversized, estampas, conjuntinhos e cores vibrantes, e propostas minimalistas e confortáveis. Cores de personalidade, como o verde esmeralda, o azul petróleo e o bordô, adicionam um toque de luxo e mistério às coleções. Fugindo dos clássicos branco e preto, os tons terrosos, como o marrom chocolate e o terracota, proporcionam uma sensação de calor e conforto, trazem uma estética vintage, reforçando a tendência de reutilização e preocupação com o meio ambiente. Em contraste, tons vibrantes e saturados, como o vermelho fogo e o amarelo mostarda, imprimem vivacidade e energia aos looks. Toda essa diversidade de cores e estilos estará presente na Feira de Malhas de Tricô Sul de Minas, além de acessórios, sapatos e roupas íntimas, a preços variados”, antecipa Dayhana Nicoleti, produtora de moda e coordenadora da feira.

De acordo com Dayhana Nicoleti, cerca 60 mil visitantes passarão pela feira atraídos pelas inúmeras opções feitas de forma artesanal e cuidadosa por fabricantes do Sul de Minas Gerais e também pelas opções de presentes de Dia das Mães. “Surgido há cerca de mil anos a.C., o tricô está na contramão do fast fashion, é uma moda durável, em constante reinvenção, que virou objeto de desejo pela sua versatilidade e pelo seu acabamento. Nosso público busca preço e qualidade”, ressalta.

A Feira de Malhas tem ainda um papel fundamental para a economia do Sul do estado e para a capital, contribuindo para a valorização de uma cadeia produtiva formada por pequenas, médias e grandes confecções – boa parte de origem familiar, que acompanhou a evolução do setor, com o emprego de tecnologia de ponta –, que revendem para lojistas, turistas e ‘sacoleiras’ de várias regiões do país. “A produção do vestuário de malhas de tricô é a principal atividade econômica do Sul de Minas Gerais: para se ter uma ideia, em torno de 70% da população de Jacutinga e Monte Sião trabalha direta e indiretamente nas confecções. Durante o evento, a Feira de Malhas fomenta receita e geração de empregos, são quase 400 trabalhos temporários, entre atendentes, recepcionistas, profissionais de limpeza e saúde, segurança, montadores e eletricistas”, finaliza Dayhana Nicoleti.

Responsabilidade social

Como ocorreu nas edições anteriores, nesta a Feira de Malhas de Tricô Sul de Minas doará 2 mil agasalhos adultos e infantis para o Servas (Serviço Social Autônomo), instituição sem fins lucrativos que realiza programas, projetos e ações de desenvolvimento social orientados nos pilares da inclusão social e do voluntariado. O Servas distribuirá os agasalhos entres entidades assistenciais de BH. A entrega dos agasalhos será realizada durante uma cerimônia no primeiro dia do evento, com a presença de autoridades do Servas e do Governo Estadual.

Malharia impacta indústria têxtil no Brasil

Eventos como a Feira de Malhas de Tricô Sul de Minas fortalecem o setor têxtil que é responsável por 1,35 milhão de postos formais de trabalho, de acordo com o relatório Brasil Têxtil 2023, feito pelo IEMI – Inteligência de Mercado, com apoio Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT) e do Senai CETIQT (Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil), e que em 2022 produziu aproximadamente R$ 193,2 bilhões, o equivalente a 6,6% do valor total da produção da indústria brasileira de transformação. O mesmo estudo revela que o Sudeste é o maior produtor têxtil e de vestuário do país, com 40,3% de participação em 2022: no segmento malhas, a produção superou 450 mil toneladas, o que representa quase R$ 18 milhões.

SERVIÇO: 64ª FEIRA DE MALHAS DE TRICÔ SUL DE MINAS

Data: 01 a 11 de maio de 2024
Local: Minascentro (rua Guajajaras, 1.022, Centro – Belo Horizonte/MG)
Horário: Segunda-feira a sexta-feira, das 13h às 20h; feriado, sábados e domingos, das 12h às 20h
Ingresso: Pode ser retirado gratuitamente por meio de cadastro no site do evento www.feirademalhassuldeminas.com.br. Aqueles que optarem pela aquisição do ingresso físico, poderão obtê-lo diretamente no local.

ASSESSORIA DE IMPRENSA:

Aline Lourenço (31) 98443-8967- [email protected]

Aieska Senra (31) 99292-8282 – [email protected]

Cristiane Araújo (31) 99701-7013 – [email protected]

Christina Lima (31) 99981-4897- [email protected]

 

“O MINASCENTRO NÃO SE RESPONSABILIZA PELA PRODUÇÃO E ORGANIZAÇÃO DO SHOW/ESPETÁCULO E SIM PELA LOCAÇÃO DO ESPAÇO AO PRODUTOR.”

Entre em contato